Gapi e Movimento pela Cidadania cooperam em prol da mulher e da juventude

Gapi e Movimento pela Cidadania cooperam em prol da mulher e da juventude

A Gapi e o Movimento pela Cidadania assinaram na manhã de hoje, 29 de Abril, um memorando de entendimento que estabelece os termos de colaboração e coordenação entre as partes para mobilizar e disponibilizar recursos para a promoção de iniciativas empresariais de jovens e mulheres a nível nacional.

Representados pelo Presidente da Comissão Executiva, Adolfo Muholove e pela Presidente do Conselho de Direcção, Marta Cumbi, respectivamente, as duas instituições se comprometeram em (i) Identificar áreas de actuação conjunta no apoio ao desenvolvimento de iniciativas juvenis; (ii) Elaborar, em conjunto, programas e projectos de apoio ao desenvolvimento empresarial de jovens e mulheres; (iii) Participar em acções conjuntas de mobilização de recursos para implementação de projectos de promoção de iniciativas juvenis; (iv) Implementar projectos em parceria; e (v) Promover a imagem e acções desenvolvidas pelas duas instituições.

A população moçambicana é constituída maioritariamente por mulheres e jovens e a maioria tem necessidades de empoderamento em habilidades empresariais que resultem na criação de empresas e empregos e para se atingir esses objectivos, é preciso a criação de sinergias que resultem no fortalecimento de vínculos interinstitucionais para mobilização conjunta de recursos”, considerou Adolfo Muholove.

Por seu turno, Marta Cumbi disse que o Movimento pela Cidadania “mobiliza e incentiva o surgimento de iniciativas juvenis  individuais e de grupos para o desenvolvimento empresarial orientado para o auto-emprego, portanto, ao nos unirmos a uma instituição que que promove a inclusão económica, social e financeira em Moçambique, promovendo a inovação, o empreendedorismo e investimentos geradores de emprego, consideramos estarem criadas as condições para atingirmos os nossos objectivos comuns”.

Close Menu